15/01/2022

Menina com síndrome de Down é primeira criança a tomar vacina contra Covid-19 em Pernambuco

 

Maria Antônia de Oliveira, de 11 anos, recebeu a dose durante cerimônia em sede de associação na Zona Norte do Recife. Imunização na cidade começa neste sábado (15).

Com uma diferença de poucas horas desde o desembarque do lote com 60 mil imunizantes no Aeroporto dos Guararapes, foram vacinadas no Recife nesta sexta-feira (14) as primeiras crianças a receberem doses contra a Covid-19 em Pernambuco.

Em cerimônia realizada na sede da Associação de Famílias para o Bem-Estar e Tratamento de Pessoas com Autismo (Afeto), no bairro da Encruzilhada, Zona Norte da capital, Maria Antônia de Oliveira, de 11 anos, foi quem tomou a vacina pediátrica número 1 aplicada no Estado.

A escolha do local se deu por conta do grupo prioritário desta fase inicial da campanha, que contempla as crianças de 5 a 11 anos com doenças neurológicas crônicas e distúrbios de desenvolvimento neurológico. Maria Antônia tem síndrome de Down. As vacinas já começam a ser aplicadas neste sábado (15) na cidade.

“Estou feliz porque chegou a vez dela e, graças a Deus, todos nós já estamos vacinados, eu já estou com a terceira dose”, disse o pai da menina, o técnico em manutenção Samuel de Oliveira, 44. ” A expectativa era muito grande, a ansiedade era enorme, então eu vim o mais rápido possível, não me importei com o tempo. Eu costumo dizer que o melhor para ela é o melhor para nós”.

Logo depois dela, outras seis crianças com deficiência foram imunizadas: Laura Leite, 9, com síndrome de Down; Bella Carvalho, 7, também com síndrome de Down; Luan Azevedo, 11, com paralisia cerebral; Arthur Melo, 8, com autismo; Lucas Silva, 8, com síndrome de Down; e Rafaela Maia, 8, com síndrome de Down. Cada um deles ganhou, ainda, um livro e certificado de “Supervacinado”.

O prefeito do Recife, João Campos, acompanhou a cerimônia. “É extremamente emocionante poder ver crianças com síndrome de Down e autismo se vacinando”, afirmou.

E anunciou: “A partir de agora, abre o Conecta Recife para o agendamento, que já está aberto. A partir de amanhã [sábado] os centros para vacinação de crianças já estarão funcionando no Recife. Lembrando que toda criança vacinada vai receber um livro e é responsabilidade dos pais e das mães e dos responsáveis fazer esse agendamento.

“Vamos juntos imunizar as crianças e garantir que uma dose de esperança, como eu vi agora há pouco, possa chegar a 150 mil crianças recifenses”, conclamou o prefeito.

Fonte: https://nilljunior.com.br/

CPB e CBDN convocam delegação brasileira para Jogos Paralímpicos; conheça os atletas

Evento será disputado entre os dias 04 e 13 de março deste ano; Brasil levará sua maior delegação da história em uma edição da competição

 

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) convocaram os seis atletas do país que participarão dos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022. A convocação foi feita na tarde desta quinta-feira, 13, em live transmitida pelas redes sociais (Facebook e Youtube) das duas entidades.

Os atletas convocados foram: Aline Rocha, Cristian Ribera, Guilherme Cruz Rocha, Robelson Moreira Lula e Wesley dos Santos, da modalidade esqui cross-country, além de André Barbieri, que disputará provas de snowboard.

O anúncio foi feito por Mizael Conrado, presidente do CPB, e Anders Pettersson, presidente da CBDN e que também será o chefe da missão brasileira em Pequim durante os Jogos. O evento está marcado para acontecer entre os dias 04 e 13 de março deste ano.

Mizael ressaltou que esta será a maior a delegação brasileira em uma edição dos Jogos Paralímpicos de Inverno em toda a história: “Quero parabenizar todos os atletas. Todos nós sabemos as dificuldades. É muito difícil passar por um ciclo como esse e conquistar uma vaga em uma competição na neve. Há outros países com mais tradição. Começamos nossa participação apenas há oito anos e, hoje, já levamos seis atletas. Com certeza, eles vão viver um momento único e com a honra de representar um país de mais de 200 milhões de pessoas”, pontuou o presidente do CPB.

Pequim 2022 será a terceira vez que o Brasil participará dos Jogos Paralímpicos de Inverno. A primeira participação aconteceu em 2014, em Sochi, na Rússia, quando dois atletas do país estiveram no evento. Em PyeongChang, na Coreia do Sul, quatro anos depois, foram três representantes brasileiros.

O programa dos Jogos Paralímpicos de Inverno contempla as modalidades disputadas na neve (esqui alpino, esqui cross-country, biatlo e snowboard) e os esportes de gelo (para hóquei no gelo e curling em cadeira de rodas).

Fonte. https://revistareacao.com.br/cpb-e-cbdn-convocam-delegacao-brasileira-para-jogos-paralimpicos-conheca-os-atletas/

Postado por Antônio Brito

14/01/2022

Parques Estaduais têm cadeiras de trilha adaptadas para pessoas com deficiência

Ação foi iniciada no sábado DIA 8 DE JANEIRO no Parque Jaraguá, e faz parte do Programa Cidade Acessível

O Governo de São Paulo, por meio das Secretarias de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Infraestrutura e Meio Ambiente e Fundação Florestal, realizou no Parque Jaraguá, a cerimônia de entrega das cadeiras de trilha adaptadas às Unidades de Preservação do Estado.

Ação, que faz parte do Programa Cidade Acessível, entregará as cadeiras que possibilitam que pessoas com deficiência física e pessoas com dificuldade de locomoção possam participar das trilhas e ter a mesma experiência de outras pessoas.

Além do Parque Estadual do Jaraguá, serão entregues equipamentos aos Parques Estaduais: Serra do Mar; Ilha do Cardoso; Nascentes do Paranapanema; Caverna do Diabo; Prelado; Ilha Bela; Ilha do Cardoso; Campina do Encantado; Furnas do Bom Jesus; Itinguçu; Rio Turvo; Vassununga; Carlos Botelho; Morro do Diabo e Ilha Anchieta.

Fonte. https://revistareacao.com.br/parques-estaduais-tem-cadeiras-de-trilha-adaptadas-para-pessoas-com-deficiencia/

Postado por Antônio Brito

13/01/2022

Comissão de Direitos Humanos aprova avaliação obrigatória da Lei de Cotas em 2032

Deputada fez alterações no projeto original para garantir a permanência das cotas nas universidades.

Cleia Viana/Câmara dos Deputados
Vivi Reis: "Avaliação das políticas públicas implica o aperfeiçoamento da ação estatal"

A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que substitui a revisão obrigatória da política de cotas nas universidades federais, prevista para ocorrer este ano, por uma avaliação dessa política em 2032.

Pela proposta, a avaliação será feita pelo Ministério da Educação e pela Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República, que também se responsabilizarão pela publicação periódica dos resultados da política de cotas, garantindo a transparência da informação.

O Projeto de Lei 1788/21, do deputado Bira do Pindaré (PSB-MA), foi aprovado na forma do substitutivo da relatora, deputada Vivi Reis (Psol-PA). A revisão do programa de reserva de vagas nas universidades está prevista na Lei de Cotas e deve ocorrer até agosto deste ano, quando a lei completa dez anos de vigência.

Permanência
O projeto, em sua versão original, prorroga a revisão da lei para 2042. A relatora optou por substituir a revisão pela avaliação.

A mudança, segundo a deputada Vivi Reis, garante a permanência das cotas, que reserva 50% das vagas das universidades e institutos federais de ensino superior para os alunos pretos, pardos, indígenas, com deficiência ou que cursaram o ensino médio em escolas públicas.

“A avaliação das políticas públicas implica o aperfeiçoamento da ação estatal, e não a sua extinção, suspensão ou o seu término”, disse a relatora. Vivi Reis afirmou ainda que a Lei de Cotas foi responsável por avanços importantes na democratização do acesso à educação superior, razão pela qual a política deve ser preservada.

O autor do projeto comemorou a aprovação do relatório da deputada. “As políticas afirmativas são extremamente necessárias para fazer uma reparação histórica de um povo que foi escravizado injustamente por quase 400 anos e que merece continuar sonhando com a liberdade”, afirmou Bira do Pindaré.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e ainda será analisado pelas comissões de Educação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ). A proposta já foi aprovada pela Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

Reportagem - Janary Júnior
Edição - Marcia Becker

Fonte: Agência Câmara de Notícias


VACINAÇÃO CONTRA COVID 19 PARA CRIANÇAS COM DOWN

Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down, seguindo orientação de todos os órgãos de saúde e também por profissionais de seu Comitê Técnico Científico, orienta a vacinação imediata de todas as crianças de 5 a 11 anos de idade contra a COVID-19, tão logo disponível as vacinas nos postos de saúde, e que os Estados sigam o que está determinado no PNI 👉 crianças com deficiência permanente e com comorbidades devem ser vacinadas com prioridade!!

Os pais, que por questões pontuais de saúde da criança tiverem dúvidas, devem procurar o seu pediatra para avaliação.

Fonte. https://revistareacao.com.br/vacinacao-contra-covid-19-para-criancas-com-down/

Postado por Antônio Brito

É amanhã! CPB e CBDN convocam atletas para os Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022 em live

Imagem dos Agitos Paralímpicos na última edição dos Jogos de Inverno, em PyeongChang, na Coreia do Sul | Foto: Marcio Rodrigues/CPB

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a Confederação Brasileira de Desportos na Neve (CBDN) vão convocar, nesta quinta-feira, 13, às 15h, os seis atletas que participarão dos Jogos Paralímpicos de Inverno Pequim 2022. A convocação será transmitida ao vivo pelas redes sociais (Facebook e Youtube) das duas entidades.

A apresentação ficará por conta de Mizael Conrado, presidente do CPB, e Anders Pettersson, presidente da CBDN e que também será o chefe da missão brasileira em Pequim durante os Jogos marcados para acontecer entre os dias 04 e 13 de março de 2022.

Além deles, Jonas Freire, diretor de esportes de alto rendimento do CPB, e Gustavo Haidar, supervisor técnico esportivo da CBDN, também estarão presentes no evento online.

Durante a apresentação, os participantes contarão como foi feita a seleção dos convocados e como será a presença brasileira nos Jogos Paralímpicos de Inverno.

Cada um dos atletas convocados participarão da transmissão por meio de vídeo. Os brasileiros que irão a Pequim finalizam a preparação para o evento na Europa. 

Pequim 2022 será a terceira vez que o Brasil participará dos Jogos Paralímpicos de Inverno. A primeira aconteceu em 2014, em Sochi, quando dois atletas do país estiveram no evento. Em PyeongChang, quatro anos depois, foram três representantes brasileiros.

O programa dos Jogos Paralímpicos de Inverno contempla as modalidades disputadas na neve (esqui alpino, esqui cross-country, biatlo e snowboard) e os esportes de gelo (para hóquei no gelo e curling em cadeira de rodas).

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

Fonte. https://cpb.org.br/noticia/detalhe/3800/e-amanha-cpb-e-cbdn-convocam-atletas-para-os-jogos-paralimpicos-de-inverno-pequim-2022-em-live

Postado por Antônio Brito

12/01/2022

Nova CNH começa a ser emitida em junho deste ano

Foto: Ministério da Infraestrutura/ Conselho Nacional de Trânsito

A nova versão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) começa a ser emitida a partir de 1° de junho deste ano, de acordo com a Resolução 886, de 13 dezembro de 2021 do Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN). A nova CNH deve trazer mais segurança, modernidade e requisitos internacionais ao documento.

A nova CNH vem com itens a mais de segurança, itens que foram incorporados para dificultar a falsificação.  Tanto para os motoristas, quanto para quem estará fiscalizando vai ter informações úteis dizendo qual veículo que o motorista está habilitado a conduzir e se há alguma restrição médica, por exemplo, se ele necessita de utilização de correção visual, adaptação etc.

A nova CNH terá o código utilizado nos passaportes, aquele código internacional, permitindo que o condutor possa embarcar em terminais de autoatendimento nos aeroportos brasileiros.

De acordo com o código de trânsito brasileiro, são admitidos documentos de habilitação tanto no formato físico como também o formato digital, que é obtido por meio da carteira digital de trânsito.  A CNH expedida em meio eletrônico é denominada Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNHe). A nova CNH mantém o QR Code, já disponível nos documentos emitidos a partir de 2017.

A renovação deve ser realizada quando vencer a CNH. A validade da CNH para quem tira o documento é de 10 anos para pessoas com até 50 anos, prazo alterado pela nova versão do Código Brasileiro de Trânsito, que entrou em vigor em 2021.

Para motoristas com idades entre 50 e 70 anos, o prazo para renovação foi ampliado também para 5 anos. Para pessoas com mais de 70 anos, é preciso atualizar a habilitação a cada 3 anos.

Também pelo novo código, as autoridades estaduais de trânsito ficam obrigadas a comunicar por meio eletrônico o condutor 30 dias antes do vencimento de sua CNH.

Multas

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), dirigir com a carteira vencida há mais de 30 dias configura infração gravíssima e gera multa de R$ 293,47 e sete pontos na carteira de habilitação.

Fonte. https://revistareacao.com.br/nova-cnh-comeca-a-ser-emitida-em-junho-deste-ano/

Postado por Antônio Brito

São Paulo receberá Programa de Desenvolvimento Paralímpico em janeiro, inscrições para curso gratuito já estão abertas

Programa tem como objetivo capacitar profissionais de educação física, alunos e educadores esportivos para ensinarem esportes paralímpicos

 

Em janeiro, entre os dias 25 e 28, São Paulo receberá o projeto PARALÍMPICO (Programa de Desenvolvimento Paralímpico), uma iniciativa do Governo do Estado de São Paulo por meio das Secretarias de Estado de Esportes e dos Direitos da Pessoa com Deficiência, que visa fomentar o esporte paralímpico de base.  O projeto tem como foco professores de educação física da rede pública, privada, de entidades e clubes, além de alunos de graduação do último ano de educação física e educadores que trabalham com práticas esportivas.

Durante os quatro dias do programa, os alunos terão a oportunidade de receber a Capacitação Técnica, com conhecimento teórico e prático do esporte paralímpico, com foco nas modalidades de Atletismo, Parabadminton, Goalball, Tênis de Mesa, Natação, Bocha, Ciclismo e Basquete cadeira de rodas.

As aulas práticas da Capacitação contarão com a aplicação de conceitos e técnicas, fundamentos básicos e adaptações necessárias para iniciar e dar continuidade ao processo educativo-esportivo nas modalidades destacadas.

Na etapa inicial do projeto, concluída em agosto, 108 entidades foram homologadas e mais de 400 pessoas capacitadas em 9 cidades. Para a nova etapa que será iniciada em São Paulo, o projeto foi ampliado. No total passará por 18 cidades com capacidade de atender até 100 alunos em cada localidade.

Em São Paulo, o PARALÍMPICO será realizado entre os dias 25 e 28 de janeiro, – no Centro Universitário Sant’Anna, UniSant’Anna, R. Voluntários da Pátria, 257 – Santana, São Paulo – SP, CEP: 02011-000.

Os interessados em participar do PARALÍMPICO, podem se inscrever no site https://paralimpico.com.br/. Há 100 vagas disponíveis para as capacitações em cada localidade.

 

Serviço

O que: Etapa PARALÍMPICO São Paulo

Quando: 25 a 28 de janeiro

Onde: Centro Universitário Sant’Anna, UniSant’Anna, R. Voluntários da Pátria, 257 – Santana, São Paulo – SP, CEP: 02011-000

Fonte  https://revistareacao.com.br/sao-paulo-recebera-programa-de-desenvolvimento-paralimpico-em-janeiro-inscricoes-para-curso-gratuito-ja-estao-abertas/

Postado por Antônio Brito

UFPB vai reabrir inscrições de concurso com inclusão de cotas para pessoas negras e com deficiência

Edital havia sido suspenso em novembro após ação do Ministério Público Federal (MPF) que pedia inclusão de cotas para candidatos autodeclarados negros e pessoas com deficiência.

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) reabrirá as inscrições do concurso público para professor que havia sido suspenso, após ação do Ministério Público Federal (MPF) que pedia inclusão de cotas para candidatos autodeclarados negros e pessoas com deficiência.

As inscrições serão reabertas após o sorteio das vagas reservadas aos candidatos com deficiência e candidatos negros, que será realizado nesta quarta-feira (12), com início às 10h, no canal Progep/UFPB no YouTube.

Depois do sorteio, o edital retificado será publicado com um novo cronograma e as inscrições serão reabertas. Com a inclusão do Departamento de Engenharia de Alimentos, o concurso passa a ofertar 33 vagas, divididas entre o Campus I, em João Pessoa, e o Campus II, em Areia. As remunerações iniciais vão de R$ 3.980,21 a R$ 10.074,18, mais o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,00.

As oportunidades são para os departamentos de Física, Sistemática e Ecologia, Ciências Sociais, Letras Estrangeiras e Modernas, Medicina Interna, Pediatria e Genética, Ciências das Religiões, Fundamentação da Educação, Habilitações Pedagógicas, Metodologia da Educação, Administração, Economia, Finanças e Contabilidade, Ciência da Informação, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Produção, Engenharia Química, Ciências Farmacêuticas, Fisioterapia, Morfologia, Nutrição, Comunicação, Música, Turismo e Hotelaria, Fitotecnia e Ciências Ambientais e Solos e Engenharia Rural.

Fonte  https://revistareacao.com.br/ufpb-vai-reabrir-inscricoes-de-concurso-com-inclusao-de-cotas-para-pessoas-negras-e-com-deficiencia/

Postado por Antônio Brito

07/01/2022

Deputados aprovaram proposta para coibir promoção de violência no trânsito

Projeto proíbe divulgação de imagens de infração de trânsito gravíssima e prevê punição com multa e suspensão da CNH

Rachas ou competições em vias públicas e a exibição de manobras são infrações gravíssimas

Em 2021, o Plenário da Câmara dos Deputados aprovou 123 projetos de lei, 38 medidas provisórias, 16 projetos de lei complementar, 9 propostas de emenda à Constituição, 11 projetos de resolução e 47 projetos de decreto legislativo. Já a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou, em caráter conclusivo, outros 114 projetos neste ano.

Entre os textos aprovados está a proposta que proíbe a divulgação de imagens que promovam violência no trânsito.

Vídeos de rachas
Para coibir a divulgação de vídeos e fotos de rachas, pegas e outras infrações gravíssimas de trânsito, o Plenário da Câmara aprovou um projeto que proíbe essa divulgação em redes sociais ou em quaisquer outros meios digitais.

Como o Senado já votou o tema, os deputados precisam analisar emendas enviadas pelos senadores para concluir sua tramitação.

De autoria da deputada Christiane de Souza Yared (PL-PR), o PL 130/20 foi aprovado na forma de um substitutivo do deputado Hugo Leal (PSD-RJ) prevendo multa de natureza gravíssima multiplicada por dez para a pessoa que divulgar esses atos.

Entre as infrações classificadas como crime pelo Código de Trânsito Brasileiro que podem ser enquadradas no projeto estão a prática de rachas ou competições em vias públicas e a exibição de manobras.

Reportagem – Eduardo Piovesan
Edição – Marcia Becker

Fonte: Agência Câmara de Notícias

https://www.camara.leg.br/noticias/841486-deputados-aprovaram-proposta-para-coibir-promocao-de-violencia-no-transito/?preview=true

Postado por Antônio Brito

06/01/2022

Seleções de goalball se concentram no CT Paralímpico para Campeonato das Américas

Leomon Moreno, ouro em Tóquio, prepara arremesso durante treinamento no CT; atleta é um dos chamados para fase de treinamento em São Paulo | Foto: Ale Cabral/CPB

Após um período de descanso, as Seleções feminina e masculina de goalball do Brasil voltarão a se reunir para a primeira Fase de Treinamentos de 2022, que abre o calendário oficial da CBDV (Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais). De 22 a 30 de janeiro, os atletas estarão concentrados no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo.

O foco de trabalho está no Campeonato das Américas, que será disputada de 15 a 22 de fevereiro, no mesmo local, e valerá vaga para o Mundial da modalidade, marcado para junho, na China – os rapazes, campeões paralímpicos em Tóquio, no ano passado, e atuais bicampeões mundiais, já estão classificados.

No conjunto feminino, o técnico Jônatas Castro vai trabalhar com sete atletas, duas a menos em relação à última convocação. O Sesi-SP, vice-campeão mundial de clubes em novembro passado com as mulheres, forma a base da equipe com quatro convocadas. Já o selecionado masculino treinado por Alessandro Tosim contará com oito jogadores, sendo três do Sesi-SP, dois do Santos-SP, dois da Apace-PB e um do Cetefe-DF.

Seguem as convocações completas:

Feminino

Alas
Alaine Lilian da Silva Marques - Sesi/SP
Danielle Vilas Longhini - Sesi/SP
Jéssica Gomes Victorino - Cetefe/DF
Kátia Aparecida Ferreira Silva  - Cetefe/DF

Pivôs
Ana Gabrielly Brito Assunção - Sesi/SP
Larissa Santos do Espírito Saturnino - Santos/SP
Moniza Aparecida de Lima - Sesi/SP

Masculino

Alas
Alex Melo de Souza - Sesi/SP
André Claudio Botelho Dantas - Cetefe/DF
Emerson Ernesto da Silva - Apace/PB
Josemarcio da Silva Souza (Parazinho) - Sesi/SP
Leomon Moreno da Silva - Santos/SP
Paulo Rubens Saturnino - Santos/SP

Pivôs
Ivanilson Idalino da Silva - Sesi/SP
Romário Diego Marques - Apace/PB

*Com informações da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV)
 
Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

Fonte. https://www.cpb.org.br/noticia/detalhe/3791/selecoes-de-goalball-se-concentram-no-ct-paralimpico-para-campeonato-das-americas

Postado por Antônio Brito

CT Paralímpico será sede de 73 eventos em 2022; confira a lista

Entrada do CT Paralímpico, em São Paulo | Foto: Ale Cabral/CPB

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) divulgou o calendário de eventos e projetos que serão realizados no Centro de Treinamento, em São Paulo, ao longo de 2022. Ao todo, o CT Paralímpico receberá 73 atividades de diversas modalidades entre janeiro e dezembro deste ano. 

Recentemente, o CPB manteve a certificação ISO 9001 pelo seu sistema de gestão do Centro de Treinamento Paralímpico ao executar as melhores práticas dos serviços de hotelaria e realização de eventos relacionados ao esporte paralímpico, de acordo com padrões internacionais de gestão no terceiro setor.

Entre os dias 29 de janeiro e 5 de fevereiro, o local será sede da 1ª fase do Camping Escolar, projeto que reúne jovens no CT e proporciona a eles uma rotina esportiva de alto rendimento. A segunda fase ocorrerá em julho, mês em que também há férias escolares no Brasil. 

Ainda em fevereiro, o Centro de Treinamento receberá a Copa América de goalball (feminina e masculina), modalidade em que a seleção brasileira masculina se sagrou campeã nos Jogos Paralímpicos de Tóquio no último mês de setembro. 

Março marcará o retorno do Circuito Loterias Caixa de atletismo, halterofilismo e natação em âmbito nacional. Este é o mais importante evento paralímpico brasileiro das três modalidades e ocorrerá até o mês de dezembro. Ele é composto por quatro fases regionais, duas nacionais e um Campeonato Brasileiro de atletismo, halterofilismo e natação. O objetivo é desenvolver as práticas desportivas em todos os municípios e estados brasileiros, além de melhorar o nível técnico das modalidades, dando oportunidades para atletas de elite e novos valores do esporte paralímpico do país. 

No mesmo mês, o futebol de 5, modalidade em que o Brasil nunca foi derrotado nos Jogos Paralímpicos e é cinco vezes campeão no megaevento, chegará ao CT com a Super Copa do Brasil. Até novembro, o Centro de Treinamento ainda receberá mais seis eventos da modalidade: Desafio das Américas, Regional Sul-Sudeste, dois campeonatos brasileiros (Série A e Série B), Copa Master e Copa Brasil.

Entre o final de março e o começo de abril, o local ainda contará com o retorno ao calendário de um grande evento internacional: Open Loterias Caixa de atletismo e natação, que reunirá atletas de vários países das duas modalidades entre os dias 27 de março e 3 de abril. Em meados de abril, acontecerão outros dois importantes campeonatos de esgrima: I Copa do Brasil de esgrima, entre os dias 10 e 12, e a Copa do Mundo de esgrima, de 12 a 17. 

Durante 2022, o espaço de quase 100 mil metros quadrados localizados à beira da Rodovia Imigrantes também receberá importantes competições de outras modalidades, como o Grand Prix de Judô Paralímpico (abril), Campeonato Brasileiro de parataekwondo (setembro), Campeonato Brasileiro e Internacional de tiro com arco e Campeonato Brasileiro 1ª divisão de basquete (ambos em outubro), Campeonato Brasileiro de vôlei sentado feminino (novembro) e Campeonato Brasileiro Série A de vôlei sentado masculino (dezembro).

Outros projetos 
Além do Camping Escolar, o CT também sediará outros projetos do CPB em 2022, como a Escola Paralímpica de Esportes, que tem como objetivo promover a iniciação esportiva de crianças entre 8 e 17 anos com deficiências física, visual e intelectual. São dez modalidades disponíveis com aulas durante todo o ano: atletismo, bocha, esgrima em CR, futebol de 5, goalball, judô, natação, parabadminton, tênis de mesa e vôlei sentado. 

Outro programa realizado pelo CPB no CT será o Festival Paralímpico Loterias Caixa. O evento é organizado pelo Comitê desde 2018, com exceção de 2020, quando foi suspenso por causa da pandemia. O objetivo do Festival é promover atividades físicas e brincadeiras lúdicas entre os participantes, a fim de iniciá-los no esporte de uma maneira assertiva e prazerosa. 

Neste ano, o Festival está marcado para ocorrer no dia 24 de setembro, como celebração do Dia Nacional do Atleta Paralímpico (22 de setembro). Além do CT, outras sedes, em todas as regiões brasileiras, deverão receber o evento.

Um pouco antes, entre 20 e 23 de julho, acontecerão as Paralimpíadas Universitárias e Militares no local, com a participação dos estudantes universitários com deficiência física, visual e intelectual em atividades esportivas de todas as Instituições de Ensino Superior do país.

Confira abaixo os eventos que serão realizados no CT Paralímpico em 2022:*

Janeiro
Intercâmbio Parapan-Americano de parabadminton                    
Seletiva olímpica e Paralímpica de tênis de mesa                                        
1ª fase do Camping Escolar 2022    

Fevereiro                                    
Copa América de goalball (masculina e feminina)    
    
Março                        
1ª Fase Nacional do circuito Loterias Caixa de halterofilismo e natação                                
1ª Fase Nacional do circuito Loterias Caixa de atletismo                                
Super Copa do Brasil futebol de 5                                        
Super Copa do Brasil goalball                                    
Festival escola Paralímpica de Esportes futebol de 5, judô e tênis de mesa 

Abril                                        
Open Loterias Caixa de atletismo e natação                                     
Grand Prix de judô paralímpico                                        
I Copa do Brasil de esgrima                                    
Copa do Mundo de esgrima                                
Brazil Internacional de parabadminton                                    
Meeting Brasileiro de Atletismo da CBDI    

Maio                                    
Brasileiro do Circuito Loterias Caixa de atletismo                                        
Circuito Escolar Paralímpico de natação e bocha                                    
Brasileiro do Circuito Loterias Caixa de natação                                    
Circuito Escolar Paralímpico de atletismo                                    
Brasileiro do Circuito Loterias Caixa de halterofilismo                                 
1º Desafio Olímpico e Paralímpico de atletismo                                     
Meeting Brasileiro de Natação da CBDI                                    
Regional Sul-Sudeste de futebol de 5                                
I Festival de futebol de cegas    

Julho                                    
2ª Fase Nacional do Circuito Loterias Caixa de halterofilismo e natação                                    
2ª fase do Camping Escolar 2022                                    
Desafio das Américas de futebol de 5                                    
Campeonato Brasileiro de atletismo da CBDI
Internacional das Américas de basquete                                
Paralimpíadas Universitárias e Militares                                    
3º Desafio Olímpico e Paralímpico de atletismo                                
Campeonato Brasileiro de Jovens de bocha        

Agosto                                    
II Copa do Brasil de Esgrima                                        
Festival escola Paralímpica de Esportes parabadminton e esgrima                                    
Campeonato Brasileiro de natação da CBDI                                        
Etapa nacional de parabadminton e esgrima    

Setembro                        
1º PARESP - Jogos Paralímpicos do Estado de São Paulo                                    
Etapa regional sul/sudeste das Paralimpíadas Escolares 2022                                
Grand Prix de Judô Paralímpico                                
Campeonato Brasileiro de parataekwondo                                    
Campeonato Brasileiro de tiro com arco                                
Regional Games Virtus Américas                                
Festival Paralímpico Loterias Caixa
    
Outubro                                
Campeonato Brasileiro de goalball - série A                                    
Campeonato Brasileiro de parabadminton                                    
Aberto Internacional paralímpico fator 20                                
Campeonato Brasileiro e internacional de tiro com arco                                    
Campeonato Brasileiro 1ª divisão de basquete em CR
IWAS Wheelchair Fencing Americas Championship de esgrima                                    
Campeonato Brasileiro de esgrima                                
Circuito Escolar Paralímpico de atletismo                                
Campeonato Brasileiro de futebol 5 - Série B                                        
Copa Master de futebol 5                            
Copa Brasil de futebol 5 B2/B3                                        
Open Internacional de atletismo da CBDI                                            
2º Circuito Escolar Paralímpico de natação e bocha    

Novembro                                
Campeonato Brasileiro de futebol 5 - Série A                                
Open Internacional de natação da CBDI                                            
Festival Paralímpico Militar                                    
Campeonato Brasileiro de vôlei sentado (feminino)                         
Campeonato Regional das Américas de esgrima                                        
Paralimpíadas Escolares 2022                                        
Campeonato Brasileiro de goalball - série B    

Dezembro                                    
Campeonato Brasileiro de atletismo, halterofilismo e natação                                        
Campeonato Brasileiro de tênis de mesa                                    
Campeonato Brasileiro série A de vôlei sentado masculino

*O calendário está sujeito a mudanças ao longo do ano devido à pandemia de Covid-19
 
Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

Fonte. https://cpb.org.br/noticia/detalhe/3790/ct-paralimpico-sera-sede-de-73-eventos-em-2022-confira-a-lista

Postado por Antônio Brito

04/01/2022

Judô paralímpico tem mudanças de regras em 2022; saiba quais

Alana Maldonado aplica golpe durante luta nos Jogos Paralímpicos de Tóquio; atleta conquistou a medalha de ouro na competição | Foto: Matsui Mikihito/CPB

O ano de 2022 trará mudanças importantes para o judô paralímpico. As novas normas aprovadas pela IBSA (sigla em inglês para Federação Internacional de Esportes para Cegos) dividirão os atletas em dois grupos de classificações oftalmológicas distintas e reduzirão a quantidade de categorias. Por outro lado, haverá mais medalhas em disputa nos eventos.

Para entender melhor tudo o que virá pela frente, a Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV) preparou um tira-dúvidas sobre o assunto.

1. O que muda na classificação oftalmológica do judô paralímpico?

Até então, judocas das três classificações oftalmológicas – B1 (cego), B2 (percepção de vulto) e B3 (definição de imagem) – lutavam entre si dentro de cada peso. A partir de agora, quem for cego total (B1) só lutará contra cego total em uma nova categoria que se chamará J1. Quem era B2 e B3 lutará apenas contra oponentes dessas mesmas classificações em outra categoria chamada J2.

2. Então, não haverá mais confronto entre um B1 contra um B2 o B3, por exemplo?

Não. Pegando como exemplo a última edição dos Jogos Paralímpico de Tóquio, o brasileiro Antônio Tenório, que é cego total, perdeu na semifinal para o norte-americano Benjamin Goodrich, que é B2. Estes atletas não vão mais se enfrentar daqui em diante.

3. E as divisões por peso, também foram alteradas?

Sim, até então havia sete divisões no masculino e seis no feminino:

Masculino
até 60 kg
até 66 kg
até 73 kg
até 81 kg
até 90 kg
até 100 kg
acima de 100 kg

Feminino
até 48 kg
até 52 kg
até 57 kg
até 63 kg
até 70 kg
acima de 70 kg

Foram extintas quatro divisões do masculino e se criou uma nova para os pesados, que será de 90 kg para cima. No feminino, duas divisões foram excluídas. Ficou assim:

Masculino
até 60 kg
até 73 kg
até 90 kg
acima de 90 kg

Feminino
até 48 kg
até 57 kg
até 70 kg
acima de 70 kg

4. E quem for atualmente de uma divisão de peso que deixará de existir, como faz?

Há duas possibilidades: baixar ou subir de peso. Um judoca que lutava na categoria até 81 kg, por exemplo, caso do brasileiro Harlley Arruda, que representou o país em Tóquio, deverá ganhar massa e competir com atletas mais pesados, da divisão até 90 kg. Outra opção seria perder peso para se enquadrar na divisão até 73 kg.

5. Mas então haverá menos medalhas em disputa nas competições?

Não, na verdade haverá mais medalhas. Explicando: antes, eram 13 eventos de medalha possíveis, já que havia sete pesos no masculino e seis no feminino. Agora, apesar da redução na quantidade de pesos, lembre-se de que são duas classes (J1 e J2) diferentes, e cada classe contará com quatro pesos no masculino e quatro no feminino. Ou seja, a próxima edição da Paralimpíada terá 16 eventos de medalhas ao todo.

6. A partir de quando estas regras valerão?

De acordo com a IBSA, as normas já valem para os eventos de 2022, tendo em vista o ciclo para Paris 2024. A organização dos próximos Jogos Paralímpicos, inclusive, já divulgou a programação da modalidade de acordo com as novas regulamentações.

*Com informações da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais (CBDV).

Assessoria de Comunicação do Comitê Paralímpico Brasileiro (imp@cpb.org.br)

Fonte. https://www.cpb.org.br/noticia/detalhe/3789/judo-paralimpico-tem-mudancas-de-regras-em-2022-saiba-quais

Postado por Antônio Brito